NETFLIX reduz qualidade nas altas resoluções dos vídeos para evitar sobrecarga na rede

A população mundial na sua maior parte está sendo orientada a ficar em casa de quarentena, por conta da pandemia do coronavírus. Pelo fato das pessoas estarem em casa para se proteger e evitar o avanço do Covid-19, é preciso fornecer mais dados de internet para quem assiste filmes e séries para passar o tempo e para quem está fazendo os trabalhos em casa, o chamado “home Oficce”.

Contudo, existe a possibilidade da sobrecarga da rede online, por conta principalmente do uso vídeo pela população do mundo inteiro, como streaming, filmes e séries em 4k, que demandam altos níveis de dados de internet.

Uma das fornecedoras de conteúdo streaming é a Netflix que já teve que reduzir a qualidade dos seus vídeos para evitar a sobrecarga da rede no Brasil. Para quem tem olhos para perceber a qualidade reduzida, vai notar que os conteúdos 4k e Full HD não estão com a resolução que costuma ser anteriormente.

A redução na resolução vai ser de 25% no fluxo dos dados dos conteúdos, com o prazo estimado em 30 dias, dependendo de como vai estar a pandemia. Se as coisas voltarem ao normal nesse prazo, que não será fácil, a qualidade voltará ao normal.

Outras plataformas que também aderiram à iniciativa foram as redes sociais Facebook e Instagram, que terão a qualidade diminuída mais na parte de transmissões das ao vivo, porque os vídeos mais populares geralmente não usam alta resolução. A Globoplay não ficou de fora e se uniu a causa, para não gerar problemas na rede mundial de dados até que tudo volte a normalidade.

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.