Polícia bloqueia mais de 300 serviços IPTV no Brasil

O  Ministério da Justiça, Segurança Pública e a polícia civil trabalham juntos na investigação do serviço ilegal de IPTV pirata no Brasil. Foram bloqueados em novembro mais de 300 serviços de IPTV ilegais, que atendiam cerca de 26 milhões de usuários brasileiros.

A polícia fez a apreensão de mais de 200 mil equipamentos piratas em 2020. Grande parte dos  equipamentos chamados de TV Box foram removidos dos usuários, em cidades que fazem fronteira com o Paraguai.

De acordo com uma pesquisa feita recentemente, aproximadamente 4 milhões de brasileiros utilizam os serviços ilegais de IPTV, que contém canais de filmes, esportes, documentários e infantis, que pertencem as TVs a cabo por assinatura.

Na Itália as punições para os infratores estão sendo maiores que aqui no Brasil. A polícia do país europeu está multando os foras da lei, pegos usando o serviço, com multa que varia de 2,5 mil euros até 25 mil euros.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.