Certificado Digital pode ser emitido remotamente

Nesse mês de março o governo autorizou a emissão do certificado digital por chamadas de vídeo, para quem emitiu a CNH (Carteira Nacional de Habilitação) após 2017.

Durante as chamadas de vídeo é capturada uma foto ao vivo do motorista para o reconhecimento facial. O método usa as impressões digitais armazenadas com a CNH.

Desde o começo desse ano as carteiras de motorista começaram a ser cadastradas pelo Datavalid, um sistema que foi desenvolvido pelo Serpro a validação de informações sejam feitas em tempo real.

O objetivo do atendimento virtual é ampliar o acesso ao certificado digital, para que ele siga sendo emitido respeitando o distanciamento social durante a pandemia.

O documento funciona como uma carteira de identidade virtual e pode ficar armazenado em dispositivos móveis, nuvem, tokens, cartões com chip e em computadores. Com o certificado, pessoas físicas e jurídicas podem enviar assinatura eletrônica de documentos e transações online.

O gerente do Serviço de Certificação Digital do Serpro, Pedro Motta, disse: “É uma tecnologia que possui a mesma validade jurídica de uma firma reconhecida em cartório. Como a identificação é rápida e segura, seu uso traz diversas vantagens”. Segundo ele o documento é aceito em mais de 2 mil ambientes na internet.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.