Banco Central adia novamente o PIX Cobrança

Muitas pessoas aderiram ao PIX, serviço bancário que permite a realização de transferências e pagamentos com poucas taxas. O Banco Central está buscando aperfeiçoar o recurso cada vez mais, recentemente foi aumentado a valor de transferências.

Há algum tempo,  foi anunciada uma ferramenta que poderia substituir os boletos, seria o PIX Cobrança, uma cobrança com data futura onde o PIX é usado como forma de pagamento.

A nova ferramenta seria lançada em janeiro, mas foi adiado para o dia 15 de março, última segunda-feira. No entanto, novamente houve um adiamento, o Banco Central mudou para dia 15 de maio o lançamento.

O PIX Cobrança é realizado por meio do QR Code gerado por comerciantes e outros prestadores de serviços. O adiamento não foi explicado, uma justificativa poderia ser que não foram todos os usuários do PIX Cobrança  que realizaram a validação de seus QR Code.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.