IPHONES ANTIGOS são prejudicados na redução da velocidade e APPLE tem que pagar quase US$ 500 MILHÕES aos usuários

A Apple será obrigada a pagar US$ 25 por cada aparelho danificado pelo batterygate para não entrar numa briga na justiça com o Estados Unidos. Os iPhone foram afetados com a redução da velocidade dos smartphones mais antigos da marca, para não acontecer o desligamento inesperado, porém, os usuários não foram informados do que estava acontecendo.

O pagamento mínimo pedido pela justiça da Califórnia foi de US$ 310 milhões, podendo chegar a US$ 500 milhões de acordo de quantos aparelhos foram afetados.

O processo a favor dos clientes prejudicados foi descrito pelos advogados como justo, razoável e adequado. esperava-se que o pedido de indenização fosse de até US$ 46 por cada iPhone com problemas. Entretanto, a Apple disse que não cometeu nenhuma irregularidade com os usuários.

O acordo judicial envolveu danos aos seguintes aparelhos da Apple: iPhone 6, 6 Plus, 6s, 6s Plus e SE com iOS 10.2.1 ou posterior, iPhone 7 e 7 Plus com iOS 11.2.

A diminuição da velocidade dos aparelhos foi desativada como padrão, a partir do iOS 11.3. A ativação é feita se o dispositivo passar por um desligamento por conta da falta de bateria. O usuário pode ajustar o iPhone para manter ou não a função. Em fevereiro a empresa acabou tendo que pagar 25 milhões de euros para os franceses e 10 milhões de euros para os usuários na Itália.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.