DLC “The Dark Below” de Destiny é mais do mesmo

A primeira expansão oficial de Destiny “The Dark Below – A Escuridão Subterrânea”, da Bungie, foi lançada está semana e os comentários em relação à está DLC não são muito agradáveis. E não, este Downloadable Content não trouxe novos planetas, mas sim repetiu DE NOVO e trouxe missões fracas nesse círculo vicioso.

Este conteúdo descarregável trouxe basicamente uma missão que faz com que você deva impedir um desastre em relação a algo sombrio, ou seja, você tem que ir para algum lugar (aparentemente repetitivo, no mesmo lugar que você já visitou em missões extras e side-quests. À Terra), passar por inimigos relativamente difíceis, enfrentar um boss, voltar a torre, pegar a continuação da missão, chegar novamente ao Cosmódromo e matar os mesmos inimigos, desbravar as mesmas selvas e concluir a missão matando um boss ou coletando algum artefato, algo que pode ser bem difícil dependendo de seu nível, que é algo que Destiny consegue controlar fazendo você ficar em missões upando.

Destiny vem sendo depreciado não por ser ruim, mas por ser repetitivo, ou seja, seu conteúdo não inova, nem mesmo nesta recém-lançada DLC.

Conclui-se que, se você não comprou o game junto a um Season Pass, não vale, em nenhuma hipótese, investir na compra desta DLC de forma separada. Nem mesmo vale investir em uma unidade do Season Pass separadamente, afinal você acabará pagando mais caro do que se tivesse adquirido-o junto ao jogo.

By Lucas Lemos

 

 

TECNODIA

Um cara aí que tem um canal no YouTube. Ah, também curto design, Star Wars e pão de batata.

One thought on “DLC “The Dark Below” de Destiny é mais do mesmo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.