Eleições 2022: Whatsapp e Tiktok punirão usuários que disseminarem fake news

O WhatsApp e o TikTok em parceria com o TSE terão um canal para denunciar disparos de fake news, desta forma, evitar a disseminação de conteúdos enganosos nessas redes sociais.

A parceria foi realizada na quinta-feira (27) durante um encontro com a presença do ministro Luís Roberto Barroso e Will Cathcart, que lidera o WhatsApp.

De acordo com eles, um chatbot do Tribunal Superior Eleitoral será feito e disponibilizado dentro do WhatsApp para orientar e esclarecer dúvidas durante as eleições.

Uma nova função será lançada no WhatsApp para identificar e depois banir as informações fake news que estiverem circulando entre os usuários da plataforma.

O Tiktok também vai tomar atitudes severas, banindo todas as contas das pessoas que espalharem notícias falas, depois de serem comprovadas como falsas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.