XIAOMI pode fabricar celulares no Brasil (rumor)

A representante oficial da Xiaomi no Brasil, a DL Eletrônicos, está fazendo um estudando se é viável a fabricação dos seus aparelhos no Brasil.  Um dos executivos da marca disse o que a alta do dólar está gerando efeitos no mercado de eletrônicos. Ele acredita que se a produção dos produtos forem feitos no Brasil, no futuro as importações da China poderão diminuir.

O brasileiro Luciano Barbosa, executivo da Xiaomi no Brasil, em entrevista para o Mobile Time, disse que existe um grande desafio para os negócios no país: “As pessoas veem o preço lá fora e comparam com o preço daqui; isso acontece com outras marcas também, mas no nosso caso é um desafio grande porque a Xiaomi é conhecida pela boa relação custo-benefício.”

Luciano indica as desvantagens da importação da China: “Os consumidores correm o risco de serem taxados; o produto pode vir com tecnologias incompatíveis, como as frequências de 4G ou o plugue da tomada; ou a mercadoria pode ser falsificada, principalmente fones de ouvido, pulseiras e patinetes”.

Barbosa fala também sobre a alta do dólar que afeta a todos: “No meu concorrente direto, sobe o preço da matéria-prima; no meu caso, pesa direto no preço de venda… mas entendemos que o dólar alto vai impactar todas as marcas.”

Sobre a possibilidade de produzir os aparelhos da Xiaomi no Brasil, a empresa acredita que mesmo sendo promissor o estudo feito, nem todos os aparelhos da marca serão produzidos aqui, somente alguns e de forma gradual. Segundo a marca em 2020 serão lançados mais de 10 aparelhos

 Atualmente a DL Eletrônicos, distribuidora da Xiaomi tem parcerias aqui no Brasil com as lojas Casas Bahia, Pernambucanas e em São Paulo com a loja MI Stores em dois shoppings.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.