CORONAVÍRUS afeta quase a metade das vendas de SMARTPHONES na CHINA

Devido ao surto do coronavírus na China, país em que o vírus mais causou mortes e pessoas contaminadas no mundo, as vendas de smartphones foram grandemente afetadas. Os números mostram que as vendas caíram de forma expressiva em relação ao ano passado, em torno de 38% a menos. A fabricação de aparelhos não afetaram somente os chineses, mas, também muitos outros países, como o Brasil que já diminuiu a produção por falta de componentes importados.

O responsável pelo levantamento dos números, é um Instituto de Pesquisa terceirizado do Ministério da Indústria e Tecnologia da Informação da China. Algumas empresas como a Xiaomi, Oppo, Huawei foram bastante prejudicadas, por volta de 42% a menos nas vendas e envios para os compradores.

Mesmo com os lançamentos de smartphones de diversas marcas, com 34 novos dispositivos que já estão nas lojas, e vários com a novidade da Rede 5 G, tendo um crescimento de 6% em comparação à 2019. A maior parte dos aparelhos são com a rede 4 G, porém, a tecnologia com a rede 5 G já está presente nos envios das mercadorias.

 

Enquanto a epidemia da doença estiver ativa, no mundo todo, a comercialização de aparelhos eletrônicos será afetada. Grandes empresas já estão prevendo os prejuízos, como a Apple, que prevê resultados negativos nas vendas e não conseguir chegar ao lucro previsto. É esperado segundo especialistas que as vendas dos produtos caiam em 10%, até julho de 2020.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.