5 sinais de que Mark Zuckerberg quer dominar o mundo

O daltonismo (problema visual que dificulta a diferenciação entre verde e vermelho) de Mark Zuckerberg não o impediu de enxergar o verde promissor do WhatsApp, famoso app de compartilhamento de mensagens instantâneas comprado pelo Facebook recentemente. Antes disso, ele já tinha adquirido o Instagram, assim como recentemente começou a investir em uma fábrica de drones, um serviço de compartilhamento de links e, de certa forma, comprou mesmo a Internet.

A crescente quantidade de investimentos de Zuckerberg já está se tornando piada na rede. Alguns dizem que ele, em breve, vai ser o “dono” da Internet e, embora isso seja apenas uma brincadeira, pode não estar muito longe da verdade.

Elencamos 5 motivos para você começar a pensar que, talvez, o fundador do Facebook esteja mesmo querendo dominar o mundo. Confira:

1. Quer criar um dispositivo que pensa como os seres humanos

Juntamente com o ator Ashton Kutcher e Elon Musk, da montadora Tesla, Mark investiu US$ 40 milhões (um pouco mais de R$ 90 milhões) em uma empresa de inteligência artificial. A Vicarius planeja reproduzir o neocórtex, parte do cérebro que controla a maior parte das funções do corpo, como a capacidade de enxergar e entender a linguagem. Com a tradução do neocórtex em código de computadores, poderá ser criada uma máquina que pensa como uma pessoa.

2. Está investindo em tecnologia de ficção científica

Por US$ 2 bilhões, além de US$ 1,6 milhões em ações do Facebook, Mark adquiriu a Oculus VR, empresa que fabrica óculos de realidade virtual. Para Zuckerberg, as possibilidades de uso dessa plataforma são inúmeras, que vão proporcionar aos usuários experiências que um dia só existiram em filmes de ficção científica.

3. Vai construir um exército de drones

Mark acaba de anunciar a compra da Titan AeroSpace, empresa de tecnologia especializada em drones e satélites, por US$ 60 milhões. A compra faz parte de um projeto maior, o Internet.org (veja detalhes mais abaixo), e irá colocar satélites e drones na estratosfera.

4. Dono da Internet (calma, é só um site!)

O projeto Internet.org é uma iniciativa anunciada em 2013 em parceria com Nokia, Samsung e Qualcomm, que visa oferecer internet a todas as pessoas que vivem em áreas onde não possuem infraestrutura para conectar-se à rede. Trabalhando no projeto, está uma equipe chamada de Connectivity Lab, que é um grupo de especialistas em informática, aeronáutica e tecnologia aeroespacial, em sua maioria ex-funcionários da NASA ou passaram pelo Instituto Tecnológico de Massachusetts (MIT). Através de drones e satélites na estratosfera, será possível ter sinal wi-fi até em áreas suburbanas e com baixa densidade populacional.

5. Tem dinheiro para comprar todos os seus concorrentes!

Depois de uma pesquisa revelar que o Facebook vem perdendo espaço com os jovens, que estão migrando para outros aplicativos e redes sociais, Mark começou a investir em seus concorrentes. Já comprou o Instagram, e, mais recentemente, o WhatsApp. Tentou adquirir o Snapchat. Será que ele também não estaria de olho no Twitter ou Foursquare?

Fonte: Administradores.com

TECNODIA

Um cara aí que tem um canal no YouTube. Ah, também curto design, Star Wars e pão de batata.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.